MEC muda Enade e confirma Enem para 6 e 7 de novembro

O Ministério da Educação (MEC) mudou a data do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) para 21 de novembro e confirmou que o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) será aplicado nos dias 6 e 7 de novembro.

O Enem, que normalmente é realizado em outubro, teve seu calendário alterado por causa das eleições. Segundo o MEC, o resultado das provas deve estar disponível na primeira semana de janeiro para ser usado por instituições públicas de ensino superior como forma de ingresso.

Os cursos que serão avaliados no Enade neste ano são agronomia, biomedicina, educação física, enfermagem, farmácia, fisioterapia, fonoaudiologia, medicina, medicina veterinária, nutrição, odontologia, serviço social, terapia ocupacional e zootecnia. Serão avaliados também os cursos de tecnólogo em agroindústria, agronegócios, gestão hospitalar, gestão ambiental e radiologia.

Farão a prova estudantes do primeiro e do último ano de cada curso.

Enem

Em 2009, 4,1 milhões de estudantes se inscreveram no Enem e 2,5 milhões fizeram as provas. A expectativa é de que a edição deste ano tenha 6 milhões de estudantes inscritos.

No ano passado, a realização do Enem foi prejudicada devido ao vazamento da prova e o adiamento da data de realização, que alterou o calendário de vestibulares em todo o país. Cinco homens foram indiciados pelo roubo da prova.

Depois da fraude, o Ministério da Educação trocou de gráfica e de consórcio para realizar o exame do ano passado. Para o Enem deste ano, as empresas ainda não foram escolhidas.

Outros problemas ocorreram na hora da inscrição dos estudantes nos cursos de instituições que aderiram à nota do Enem pelo Sistema de Seleção Unificada (SiSU). Os candidatos não conseguiam acessar o site do MEC.

Além disso, alunos não aprovados apareceram como selecionados no site do sistema. O problema ocorreu com cerca de 30 estudantes, que acabaram se matriculando em universidades.

Em junho, o MEC fará uma nova rodada de inscrições do Sisu. Os alunos que tiverem interesse em disputar as vagas a serem oferecidas por instituições públicas de ensino superior vão usar a nota do Enem de 2009.

As 51 instituições que participaram da primeira edição do sistema manifestaram interesse em permanecer no processo, mas ainda não é possível saber quantas vão participar da etapa de junho, já que nem todas fazem processos seletivos duas vezes ao ano.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: